spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Vídeo – Principal noticiário Russo é interrompido por manifestação antiguerra

O principal noticiário da emissora estatal russa, Channel One, foi interrompido nesta segunda-feira (14), por uma manifestante antiguerra.

Mulher protesta contra a guerra da Rússia contra a Ucrânia ao vivo no maior telejornal russo
Foto: Reprodução (IG)

Uma mulher empunhando um cartas com os dizeres “não acreditem na propaganda (do governo)” e “parem a guerra” entrou atrás da âncora enquanto o telejornal estava sendo transmitido ao vivo.

Segundo a OVD-Info, grupo independente que monitora protestos de direitos humanos, a manifestante que invadiu a cena se chama Maria Ovsyannikova e é funcionária do próprio Canal de TV Estatal.

A entidade também informou que Ovsyannikova teria sido detida e estaria num Departamento de Polícia de Ostankino, em Moscou..

Os veículos de imprensa internacional não puderam verificar de forma independente se a mulher vista interrompendo a transmissão do noticiário é Maria Ovsyannikova, mas as fotos em perfis de mídia social com o nome dela correspondem.

A OVD-Info também obteve um vídeo supostamente feito por Ovsyannikova antes de interromper o noticiário.

“O que está acontecendo agora na Ucrânia é um crime, e a Rússia é o país agressor, e a responsabilidade por essa agressão está na consciência de apenas uma pessoa. Esse homem é Vladimir Putin”, disse Ovsyannikova no vídeo, observando que seu pai é ucraniano e sua mãe é russa.

“Infelizmente, nos últimos anos, tenho trabalhado no Channel One e fazendo propaganda do Kremlin, e agora tenho muita vergonha disso. É uma pena que eu tenha permitido falar mentiras nas telas de TV, vergonha de ter permitido zumbificar o povo russo”, disse.

“Tenho vergonha de termos ficado em silêncio em 2014, quando tudo isso estava apenas começando. Nós não fomos a comícios (protestos) quando o Kremlin envenenou Navalny, apenas assistimos silenciosamente a esse regime anti-humano e agora o mundo nos deu as costas para sempre, e outras dez gerações de nossos descendentes não serão capazes de desaparecer a vergonha desta guerra fraterna”.

“Somos russos, pensantes e inteligentes, e só está em nosso poder acabar com toda essa loucura”. “Vá aos comícios (protestos) e não tenha medo! Eles não podem transplantar todos nós!”, finaliza.

Veja o vídeo do protesto:

.ultimas

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.Siga-nos

16,985FãsCurtir
15,748SeguidoresSeguir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.destaques