spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Presidente da Câmara de São Simão-GO assume a prefeitura após a cassação do prefeito e do vice

O presidente da Câmara de Vereadores de São Simão (GO), Ailton Lopes de Araújo (PSC), tomou posse nesta terça-feira (04) na prefeitura da cidade.

Ailton assumiu o comando do poder executivo municipal após o prefeito, Assis Peixoto (PSDB), e o vice, Fábio Capanema, serem cassados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Presidente da Câmara de Vereadores de São Simão Assume a prefeitura da Cidade após a cassação do prefeito e do vice / Foto: Reprodução (Prefeitura de São Simão)

O ministro Raul Araújo, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cassou a chapa que elegeu o prefeito Assis Peixoto (PSDB) e o vice Fábio Capanema (PP) e determinou a realização de novas eleições no município de São Simão (365 km de Goiânia). Assis havia retornado ao cargo há menos de 15 dias por decisão do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), que anulou processo de impeachment realizado após ter sido preso por suposto crime de pedofilia.

A decisão, que foi proferida na última sexta-feira (30), derrubou determinação da Corte Estadual e validou a decisão do Tribunal de Justiça de Goiás (TRE), que por sua vez havia cassado os direitos políticos e tornado o vice-prefeito inelegível por oito anos pelos crimes de improbidade administrativa, danos ao erário e enriquecimento ilícito.

No documento, o ministro pontuou que o trânsito em julgado do acórdão que condenou Fábio Capanema no Tribunal Regional Eleitoral de Goiás ocorreu antes da diplomação dele como vice-prefeito eleito de São Simão e que, neste caso, não poderia ter tomado posse.

Ele ressalta ainda que Capanema estava inelegível antes do registro de candidatura, após duas decisões colegiadas do TRE, sendo que a terceira ocorreu depois das eleições, mas antes da diplomação.

Na tarde desta terça-feira, 4, imediatamente após ser empossado como prefeito interino, Ailton Lopes se reuniu com os procuradores municipais Daniela dos Reis Alves Romão e Danillo Almeida Nunes, no gabinete executivo, para levantar a real situação administrativa e econômica da prefeitura de São Simão.

O novo prefeito ainda reforçou a necessidade de unidade da equipe de governo na busca uma boa gestão e lamentou as circunstâncias pelas quais assumiu o comando da cidade, mas assegurou que fará tudo o que for possível para manter o bom funcionamento da máquina pública em todas as áreas, principalmente na econômica, saúde, social e educação.

De acordo com os dados preliminarmente levantados, a situação fiscal de São Simão é “preocupante”, segundo relatou Ailton. O prefeito, inclusive, solicitou para a próxima quinta-feira (13), uma reunião com a Agência de Regulação dos Serviços Públicos de Saneamento Básico (AMAE/Rio Verde), para tratativas da encampação ou rescisão do contrato com a empresa São Simão Saneamento Ambiental.

“O diagnóstico preliminar não é dos melhores. Nesse momento, o Município está arrecadando menos do que tem que pagar dentro do mês”, revelou.

.ultimas

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.Siga-nos

16,985FãsCurtir
15,748SeguidoresSeguir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.destaques