spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Mal acostumado no Brasil, chanceler toma ‘puxão de orelha’ por falta de máscara em Israel

Desacostumado ao uso de máscara nos arredores do Palácio do Planalto e junto á palacianos, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, recebeu um “puxão de orelha”, neste domingo (7) durante evento com o chanceler israelense Gabi Ashkenazi, em Jerusalém.

Ao fim de uma entrevista conjunta de ambos, o mestre de cerimônias convidou a dupla para uma foto oficial do encontro. Neste momento, Ashkenazi já havia recolocado a máscara, enquanto Araújo se dirige até ele ainda sem o equipamento de proteção contra a disseminação da Covid-19 e foi adivertido: “Nós precisamos que coloque a máscara”. Veja no vídeo abaixo:

Araújo faz parte da comitiva composta por nove autoridades brasileiras que desembarcou em Israel para uma série de reuniões na busca de acordos para vacinas e medicamentos contra o novo coronavírus, porém a diferença da postura dos brasileiros com a dos anfitriões em relação ao respeito às medidas de prevenção contra a doença, está gerando uma série de comentários nas redes sociais.

Em nota enviada ao Estadão, o Ministério das Relações Exteriores afirmou que a delegação “cumprirá fielmente os protocolos de segurança estabelecidos por cada país, seguindo as orientações das autoridades locais“, o que não acontece no Brasil. No embarque, rumo ao Oriente, pela manhã do sábado (6), a comitiva tirou uma foto publicada pelo chanceler, incluindo o presidente Bolsonaro que só acompanhou a partida, todos “desmascarados” no aeroporto de Brasília, onde é obrigatório o uso da máscara em locais públicos.

Ao embarcar para Israel, autoridades brasileiras posam para foto sem máscara de proteção facial, exigida por decreto em espaços públicos do Distrito Federal / Foto: Reprodução de redes sociais

Na sequência, a foto dos nove, tirada durante desembarque em Israel já os mostra “mascarados”:

Em Israel, as mesmas autoridades que negligenciam as medidas de prevenção contra a Covid-19 usam as máscara de proteção facial, que também era exigida por decreto nos ambientes públicos do Distrito Federal / Foto: Reprodução de redes sociais

Sem dar detalhes, Ernesto Araújo disse mais cedo, durante declaração à imprensa feita em Jerusalém, que o governo federal quer firmar parcerias com o país do Oriente Médio para o desenvolvimento de vacinas e medicamentos que possam tratar e prevenir contra o novo coronavírus.

.ultimas

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.Siga-nos

16,985FãsCurtir
15,748SeguidoresSeguir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.destaques