spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Lêda Borges presta contas de sua atuação parlamentar em 2021, discriminando emendas e ações

A deputada estadual Lêda Borges (PSDB) apresentou no início do ano uma prestação de condas da sua atuação parlamentar em 2021, onde, além de enumerar a destinação de emendas, também especificou ações em assuntos sensíveis a população de todas as regiões do estado de Goiás.

Deputada Lêda Borges (PSDB) durante apresentação do projeto de criação da “Casa de Passagem” para acompanhantes de pessoas que têm que sair das suas cidades para receber tratamento de saúde pelo estado.
Foto: Reprodução

Sobre as emendas parlamentares, Lêda Borges adotou em 2021 a estratégia de destinar recursos também para entidades que atendem a população. Em Valparaíso, por exemplo, cidade em que reside, a deputada contemplou creches comunitárias, abrigo de idosos, orfanato, entidades culturais, de ensino, o próprio governo municipal e outros.

Para além do envio dos recursos, que é apenas uma parte da atuação de um deputado, a prestação de contas aponta que Lêda Borges também atuou em vários assuntos importantes para os goianos em geral.

Experimentada na elaboração e execução de políticas públicas sociais, a parlamentar atuou fortemente pelo retorno dos programas de apoio às pessoas socioeconomicamente vulneráveis, por três anos suspensas pelo governo de Ronaldo Caiado (DEM), e intermediou a reunião das secretarias municipais de Assistência Social do Entorno Sul no Ministério da Cidadania, por exemplo.

Lêda Borges também foi atuante na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) em favor dos servidores públicos estaduais, contra medidas do governo Caiado, que retiraram direitos das diversas categorias.

Na área da educação, além das emendas destinadas para entidades da área, a parlamentar também se posicionou contra o fechamento de mais de 50 escolas por todo estado. Segundo Lêda Borges, “educação não é gasto, é investimento e o baixo número de matrículas em unidades de ensino se resolve com uma busca ativa dos alunos, não com o fechamento, principalmente quando se tem déficit no número de vagas”.

Com prestígio, sendo líder de uma oposição apontada como “responsável”, a deputada foi indicada e assumiu duas comissões temáticas na Alego, Lêda Borges é presidente da Comissão da Criança e do Adolescente e vice-presidente da Comissão de Assistência Social.

Ao todo, em 2021 a deputada Lêda Borges apresentou 47 Projetos de Lei, dos quais 12 já foram aprovados e sancionados, e 43 requerimento.

Veja a prestação de contas completa:

.ultimas

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.Siga-nos

16,985FãsCurtir
15,748SeguidoresSeguir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.destaques