spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Internacional goleia o Flamengo em pleno Maracanã

Neste domingo (08), em pleno Maracanã, o Internacional impôs ao Flamengo a primeira derrota sob o comando de Renato Gaúcho.

Como se já não fosse ruim perder em casa, a derrota ainda veio de goleada, com um placar de 4 a 0, sendo três gols de Yuri Alberto e um golaço de Taison.

Flamengo perde para o Inter por 4 a 0 em pleno Maracanã / Foto: Alexandre Vidal (CRF)

A partida começou como era esperado no início: o Flamengo com a posse de bola, ocupando o campo ofensivo, mas encontrando dificuldade na conclusão das jogadas. Assim, o time de Renato Gaúcho não repetiu o volume de produção das últimas rodadas. Foram cinco finalizações no primeiro tempo, com o goleiro Daniel fazendo uma boa intervenção em cabeçada de Bruno Henrique, aos 44 minutos, quando o Internacional já estava na frente do placar.

Do outro lado, o Inter fez sua estratégia funcionar melhor no Maracanã. Posicionado atrás, a equipe de Diego Aguirre soube pressionar o homem com a posse de bola e foi assim que encaixou três contra-ataques. No primeiro, Bruno Henrique perdeu a bola na intermediária, Yuri Alberto tabelou com Edenílson e chegou à área para abrir o placar: 1 a 0 aos 18 minutos. No minutos seguinte, o camisa 11 perdeu outra chance ao completar cruzamento de Saravia para fora.

Aos 40, Diego foi desarmado no meio de campo e, novamente, o Internacional levou a bola rapidamente aos pés de Yuri Alberto, que finalizou mais uma vez de dentro da área e venceu Diego Alves. A vantagem já era de dois gols para a etapa final.

Sem mudança de postura, o Flamengo voltou do intervalo com a mesma intensidade, sem indicar que chegaria aos gols. Por outro lado, o Internacional mostrou-se mais uma vez letal na primeira chance que teve.

O escanteio foi a favor do Rubro-Negro, mas o corte da defesa e o passe de Patrick ofereceu ao Taison o campo para contra-atacar. O camisa 11 deixou Diego para trás e depois para cima de Filipe Luís, que foi facilmente batido. Ao invadir a área, Taison bateu forte, sem chances para Diego Alves. Golaço, o primeiro em seu retorno ao Inter, e o atacante celebrou com o punho cerrado.

Mas nada é tão ruim que não possa piorar. A situação de Flamengo ficou ainda mais complicada quando Gabigol foi expulso. O primeiro cartão amarelo foi por chutar uma bola para fora e retardar a partida. O camisa 9 aplaudiu ironicamente e, avisado pelo quarto árbitro, o juiz Paulo Roberto Alves aplicou mais uma cartão, o expulsando.

Faltando 30 minutos para o fim, o Internacional já tinha a vitória encaminhada, e selou o placar aos 24. Edenílson lançou Yuri Alberto que, mais uma vez, não foi acompanhado pela defesa e marcou o seu terceiro gol no confronto.

O resultado, além de fazer o Colorado pular para a 12ª posição, com 18 pontos, devolve à equipe de Diego Aguirre para brigar na parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro.

A equipe Rubro-Negra por sua vez, segue na quinta posição, com 24. O Flamengo tem duas rodadas adiadas a cumprir e está a quatro pontos do Bragantino, quarto lugar.

Na quarta, o time de Renato Gaúcho volta a campo pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores, contra o Olímpia (do Paraguai), em Assunção.

.ultimas

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.Siga-nos

16,985FãsCurtir
15,748SeguidoresSeguir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.destaques