spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Gustavo Mendanha confirma pré-candidatura a governador de Goiás

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (sem partido), confirmou neste sábado (12), pela primeira vez, sua pré-candidatura ao governo do Estado de Goiás.

Gustavo Mendanha é carregado por apoiadores na entrada do evento onde anunciou sua pré-candidatura ao governo de Goiás / Foto: Reprodução

Mendanha é um dos nomes mais fortes da oposição ao atual governador Ronaldo Caiado (União Brasil), que por sua vez é acusado, até entre seus aliados, de governar com poucos e pela alegada falta de realizações importantes para apresentar no pleito de reeleição.

O anúncio foi feito na presença de cerca de 500 lideranças políticas de todo Estado, no encontro promovido pela Associação Goiana de ex-prefeitos. 

Em sua fala, Mendanha lembrou do que realizou a frente da prefeitura de Aparecida de Goiânia e que pode levar a todo o estado. Com uma gestão considerada arrojada e moderna, Gustavo foi reeleito em 2020 com o índice histórico nacional de 98,8% dos votos válidos,da cidade com o segundo maior colégio eleitoral de Goiás.

"Podemos avançar nos próximos anos se tivermos uma gestão participativa, que dialoga para entender os problemas que assolam os goianos", declarou Mendanha.

Além dos discursos acalorados em defesa da pré-candidatura de oposição, feitos por políticos experimentados, a primeira dama, Mayara Mendanha surpreendeu com uma fala alinhada com momento:

"Vejo aqui o exército que fará o Gustavo governador. É assim que vamos devolver a auto estima do povo, ele trará soluções para aqueles que se sentem desprezados", disse ela. 

Uma multidão de apoiadores cercam Gustavo Mendanha em ato que ele anunciou sua pré-candidatura ao governo do estado de Goiás / Foto: Reprodução

Entre os entusiastas, estavam os deputados Magda Mofato (PL), Professor Alcides (PP), Paulo César Martins (MDB) Claudio Meireles (Agir) , Sergio Bravo (PROS), Humberto Teófilo (Sem partido), Max Menezes (MDB) e Major Araújo (Sem Partido).

De olho no Entorno, segunda maior região em número de eleitores do estado, coordenadores da pré-campanha de Mendanha sondam apoios como o da deputada Lêda Borges (PSDB) que possam ajudar nas decisões voltadas para as cidades goianas, limítrofes do Distrito Federal.

No próximo dia 31 (quinta-feira), Gustavo Mendanha deve se descompatibilizar do cargo de prefeito de Aparecida para disputar as eleições, a partir daí, assume o cargo Vilmar Mariano (Podemos), atual vice-prefeito. "Com a confiança que o Gustavo tem em mim, ele pode focar na campanha política e na gestão, porque vou cuidar bem de Aparecida", afirmou. 

Para o ato de desincompatibilização, Gustavo Mendanha deve sair no final da tarde da Prefeitura em caminhada pelas ruas de Aparecida, até a Câmara de Vereadores, onde assinará o documento de renúncia. 

A definição partidária ocorrerá nos próximos 15 dias. Neste momento, as conversas continuam com vários partidos. Gustavo afirmou estar em busca de uma chapa que represente os presentes: “Aprendi a fazer política assim, com dialogo”.

.ultimas

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.Siga-nos

16,985FãsCurtir
15,748SeguidoresSeguir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.destaques