spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Formula 1 estreia novos carros em 2022

Após o fim de uma temporada histórica, que apresentou uma disputa acirrada entre Max Verstappen e Lewis Hamilton, decidida na última volta da última etapa, a Fórmula 1 mira mais duelos equilibrados com os novos carros.

Novos carros da F1 em 2022 vão ter linhas mais arredondadas e menos elementos aerodinâmicos
Imagem: Reprodução (F1 Liberty)

As principais mudanças para 2022 em diante está na aerodinâmica, com um novo conceito de “carros mais limpos”, sem as chamadas “aletas”, de linhas arredondadas, bicos mais longos, protetores nas rodas dianteiras, pneus maiores, entre outros outros.

Tudo isso para que os carros possam andar mais juntos, proporcionando mais ultrapassagens.

Segundo a categoria, os carros da F1 em 2021, por exemplo, produziam muita turbulência para quem vinha atrás, o famoso “ar sujo”, causando uma redução aerodinâmica aproximadamente de 35% a 20 metros de distância e de 46% a 10 metros. Com as alterações, a ideia é reduzir esses decréscimos para 4% e 18%, respectivamente.

Com menos elementos, novas medidas e linhas, as asas dianteiras e traseiras dos carros vão perder menos aderência e estabilidade quando estiverem próximos aos competidores que vão à frente.

A F1 aposta em carros mais limpos para aumentar a possibilidade de ultrapassagens
Imagem: Reprodução (F1 Liberty)

Os aerofólios também serão protegidos da turbulência pelos pneus, que passam de 13 para 18 polegadas, e pelos novos protetores de rodas, que vão formar uma espécie de anteparo contra a passagem desse “ar sujo” para a traseira do carro.

Além disso, as suas novas medidas pretende diminuir o aumento de temperatura e o desgaste dos pneus, ajudando na diminuição de custos das equipes.

Os novos carros da F1 vão contar com pneus mais largos a partir de 2022
Foto: Reprodução (F1 Liberty)

Outra mudança. essa menos voltada para a competitividade, mais focada em conceitos e no desenvolvimento de novas tecnologias para o cotidiano do mundo, é a mistura dos combustíveis, que passa de 5,7 para 10% de Etanol, diminuindo assim a emissão de Carbono no ambiente.

Uma das propostas da Fórmula 1 é se tornar “carbono zero” em 2030. Para isso as mudanças nos combustíveis são fundamentais no processo.

Se todo conjunto de alterações propostas vão surtir o efeito desejado, isso só vai poder ser visto quando os novo carros entram na pista pela primeira vez no dia 23 de fevereiro, em Barcelona, na Espanha. A F1 vai ficar por seis dias na pista da Catalunha, para depois seguir para o Bahrein, onde serão realizados os últimos testes da pré-temporada, entre os dias 10 e 12 de março.

A primeira corrida da temporada 2022 da F1 acontece no dia 20 de março, também no Bahrein.

.ultimas

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.Siga-nos

16,985FãsCurtir
15,748SeguidoresSeguir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.destaques