spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Em Valparaíso, governo Mossoró investe mais dinheiro público em reforma de imóvel particular da vice-prefeita do que na ponte do Pacaembu

Num descompasso do que seria de fato prioridade para o interesse geral, o governo do prefeito Pábio Mossoró (MDB), em Valparaíso de Goiás, investiu mais dinheiro público na reforma de um imóvel particular da vice-prefeita Zeli Fritsche (PDT), do que na ponte que liga a cidade ao município vizinho de Novo Gama pelos bairros Pacaembu e Pedregal, e que atualmente coloca seus usuários em risco.

À esquerda, a ponte do bairro Pacaembu, reformada em 2019 com R$ 40 mil, à direita o imóvel particular da vice-prefeita Zeli Fritsche, que esteve alugado pela prefeitura e foi reformado para a entrega com R$ 48 mil

Na “recuperação” da ponte, realizada em maio de 2019 e por onde passam centenas de pessoas e veículos por dia, incluindo estudantes e ônibus escolares, foram empregados apenas R$ 40 mil, enquanto para imóvel da vice-prefeita, que estava alugado pela prefeitura e se encontra fechado desde então, sem uso, foram aportados mais de R$ 48 mil dos cofres públicos, conforme o contrato 100.041/2021.

Segundo moradores do Pacaembu, a reforma da ponte é mais uma obra de má qualidade da prefeitura, que além de não ter durado dois anos, atualmente se encontra em piores condições do que anteriormente à intervenção:

Eu não gosto muito de falar dessas coisas não, más é como se fosse uma lavagem de dinheiro, porque não tem dois anos que foi reformado essa ponte aqui. Dizem que reformaram né? E olha a situação que tá. Agora me dizem, a ponte velha estava melhor do que essa aqui que dizem que é nova“, disse um morador do bairro Pacaembu em Valparaíso, enquanto gravava um vídeo de desagravo.

Vídeo: Reprodução

Em vídeos gravados pelo jornalista Mario Prata, é possível verificar que os problemas da ponte vão além da trafegabilidade, das taboas do piso. As imagens feitas por baixo da travessia mostram um provável comprometimento da estrutura, com suas bases de concreto desgastadas e as ferragem expostas e submersas, o que a engenharia aponta como risco iminente.

Ponte que liga Valparaíso a Novo Gama, reformada em maio de 2019 / Vídeos do jornalista Mário Prata

Recentemente o programa Balanço Geral, da TV Record fez uma reportagem no local e entrevistou o morador Walter Lobo que ironizou a resposta recorrente das autoridades de que estão buscando ou enviando emendas parlamentares para a construção de uma nova ponte no local, feita de concreto:

A única emenda que a gente vê aqui são as emendas que os moradores fazem, vêm aqui e pregam taboas para tapar os buracos“, disse Lobo.

Do outro lado, ao contrário da realidade vista na ponte, por onde centenas de pessoas precisam trafegar todos os dias correndo riscos, fotos mostram que a reforma feita no imóvel da vice prefeita Zeli Fritsche permanece intacta e atendendo apenas seu interesse privado:

Imóvel privado da vice-prefeita de Valparaíso de Goiás, Zeli Fritsche (PDT), reformado pela prefeitura por R$ 48 mil, após termino de contrato de locação

Questionada sobre a diferença na prioridade das duas obras de reforma, a prefeitura de Valparaíso não retornou ao contato do Jornal.


Edição (09/072021 – 22:37):

Em contato com o Jornal Opinião do Entorno via aplicativo de mensagens, a vice prefeita de de Valparaíso de Goiás, Zeli Fritsche informou que a porta de segurança nova colocada em seu prédio, foi paga por ela própria, com recursos próprios. O que não muda o valor de R$ 48 mil do orçamento público destinado a tal reforma.

.ultimas

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.Siga-nos

16,985FãsCurtir
15,748SeguidoresSeguir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.destaques