spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Diplomatas russos e ucranianos se encontram nesta segunda-feira

Quase na mesma hora do anúncio de Putin de que estaria colocando suas “defesas” nucleares em alerta máximo, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse neste domingo (27) que está disposto a enviar uma delegação ucraniana para conversar com uma delegação diplomática da Rússia na fronteira entre Ucrânia e Belarus.

"Concordamos que a delegação ucraniana se reuniria com a delegação russa sem pré-condições [estabelecidas] na fronteira ucraniana-bielorrussa, perto do rio Pripyat", afirmou Zelensky, poucas horas após o presidente ucraniano conversar por telefone com o líder de Belarus, Alexander Lukashenko.

Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, aceita encontro diplomático com russos para negociar o fim da guerra
Foto: Reprodução de redes sociais (Twitter @ZelenskyyUa)

"Alexander Lukashenko assumiu a responsabilidade de garantir que todos os aviões, helicópteros e mísseis posicionados em território bielorrusso permaneçam no solo durante a viagem, as conversas e o retorno da delegação ucraniana", disse Volodymyr.

Zelensky inicialmente se opunha ao encontro com a delegação russa em território bielorrusso, pois o país é aliado de Putin e foi por Belarus que a invasão à ucrânia começou.

O endereço do encontro só foi aceito pelo ucraniano, após a garantia de segurança acertada com Lukasshenko.

.ultimas

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.Siga-nos

16,985FãsCurtir
15,748SeguidoresSeguir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.destaques