spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

China teria recusado fornecer peças de aeronaves à Rússia

Um alto funcionário russo disse nesta quinta-feira (10) que a China teria se recusado a apoiar a Rússia com peças de aeronaves, após as sanções ocidentais ao país de Vladmir Putin.

De acordo com a agência estatal russa de notícias TASS, a informação é do chefe do Departamento de Aeronavegabilidade de Aeronaves da Agência Federal de Transporte Aéreo, Valery Kudinov.

Aviação civil da Rússia busca alternativas para comprar paças de reposição após embargos
Foto: Reprodução (Panrotas)

“Até onde eu sei… a China recusou [fornecer peças para aeronaves], disse Kudinov, que também informou que o departamento busca outros países fornecedores, possivelmente a Turquia ou Índia.

“Cada empresa negociará por conta própria”, acrescentou Kudinov.

As duas maiores fabricantes de aviões do mundo, Boeing e Airbus, interromperam o fornecimento de componentes de aeronaves para companhias aéreas russas em retaliação ao ataque da Rússia contra a Ucrânia.

.ultimas

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.Siga-nos

16,985FãsCurtir
15,748SeguidoresSeguir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever
Publicidadespot_imgspot_imgspot_imgspot_img

.destaques